URI/FW e prefeituras entregam projeto da ERS-591

O ato aconteceu durante a Expopedras, em Ametista do Sul, um dos
municípios realizadores do documento junto com Frederico Westphalen e a
universidade
A URI, Câmpus de Frederico Westphalen, esteve presente na Expopedras, em
Ametista do Sul, na quinta-feira, 17, para a entrega do projeto de asfaltamento da
ERS-591, que liga o distrito de Castelinho, Frederico Westphalen, a Ametista do Sul.
O documento foi cedido a integrantes do governo gaúcho, presentes na exposição.
A universidade foi representada pelo professor, William Widmar Cadore, do curso de
Engenharia Civil e um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento do
levantamento de dados.
Segundo o docente, o momento na feira foi muito importante para a universidade.
“Participamos da abertura da 13a Expopedras, com a presença de lideranças locais,
regionais e do Estado. A oportunidade foi marcante, porque mostrou que o nosso
esforço, iniciado entre 2017 e 2018, chegou ao resultado esperado. Passamos todo
o ano de 2019 desenvolvendo o projeto e conseguimos entregar ao Departamento
Autônomo de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Sul (DAER-RS), dentro de
todas as diretrizes estabelecidas, pois eles têm grandes exigências em termos de
projetos”, conta Cadore.
O pontapé foi dado quando a universidade e as prefeituras dos dois municípios
diretamente envolvidos firmaram parceria com o DAER-RS. A participação da
URI/FW foi na primeira etapa, desenvolvendo o Estudo de Viabilidade Técnica e
Ambiental (EVTA), que permitiu a segunda fase, de levantamento geotécnico,
topografia e serviços complementares, promovidos por serviços contratados pelas
prefeituras. “Esse trabalho tomou essa proporção, porque foi encabeçado pela
universidade, ou seja, tinha uma instituição de ensino embasando toda a
documentação e o histórico. O ex-prefeito de Ametista do Sul, Gilmar da Silva, que
sempre foi um grande apoiador e nunca esqueceu da importância da URI/FW,
destacou que apenas com a entrega do projeto foi possível realmente entender a
importância e compreender a dimensão do trabalho desenvolvido”, cita Cadore.
Durante o evento, o projeto completo, com ambas as etapas, foi entregue à
comunidade. O secretário-adjunto de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul,
Luiz Gustavo de Souza, presente na solenidade, afirmou que há uma dotação de R$
13,5 milhões para a primeira parte da obra, que tem licitação marcada para o
começo de abril e início de obras previsto para o mês de agosto.
O valor do projeto desenvolvido pela URI/FW é estimado entre R$ 300 e 400 mil.
Entretanto, a universidade compreende seu papel de promover ações e auxiliar a
comunidade e os municípios regionais. Devido ao seu caráter comunitário, a
instituição se dispôs a produzi-lo sem custos. “A única contrapartida que a URI
recebeu, foi aos estudantes que fizeram parte da equipe do projeto e tiveram uma
remuneração de estagiário das prefeituras para atuar. Foram seis jovens que
trabalharam intensamente nesse grupo, juntamente com os professores
responsáveis”, relata Cadore.

  • É um projeto de muitas mãos, com várias pessoas que trabalharam nos bastidores
    e mereciam estar nesse momento da entrega. Eu sinto que nosso dever, enquanto
    instituição, foi cumprido, reforçado e expresso na comunidade. Em pouco tempo,
    estaremos vendo as máquinas fazendo o trabalho de compactação, escavação,
    alteração de traçado, reforço de base, até chegar àquilo que gostamos de ver, que é
    a camada de revestimento de concreto asfáltico, melhorando a experiência e a
    segurança de viagem e aproximando nossos caminhos – argumenta o professor.
    Da mesma forma, o coordenador do curso de Engenharia Civil, Jean Ricardo
    Favaretto, que também participou do desenvolvimento do projeto, esse é um passo
    importante para a região. “É um marco histórico que nossa universidade e nosso
    curso participou, coordenado pelo professor William, com participação de outros
    docentes, como Rodrigo André Klamt e Roberta Centofane, e de vários alunos”,
    destaca.
    Os professores agradecem à comunidade pela confiança no trabalho da URI/FW e
    do curso de Engenharia Civil, e aos diretores da instituição pela convicção a
    respeito da competência da equipe do curso. “Tenho certeza, que a competência
    que temos, assim como os times das outras graduações, é muito grande. Qualquer
    outro desafio que for posto seremos vitoriosos e quem receber nosso produto ficará
    também muito feliz”, complementa Cadore.
    Equipe da URI/FW presente na Prefeitura de FW
    Antes da entrega oficial do projeto, em Ametista do Sul, na quinta-feira, 17, pela
    manhã, foi realizada uma reunião na Prefeitura de Frederico Westphalen, com a
    participação de representantes dos municípios diretamente envolvidos e do
    DAER-RS, da diretora geral da URI/FW Silvia Regina Canan, e dos professores,
    Jean Ricardo Favaretto, e Renato José Dall Agnol. Na oportunidade, foi feito o
    anúncio sobre a licitação do projeto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.